segunda-feira, dezembro 24, 2007

*FALAR DE SAUDADE*


**Falar de Saudade!!!
****
Da rapidez do tempo, a serenidade
Das saudades tantas em prioridade
Da infância livre, mente liberta
Dos rigores que a vida desperta

Da ignorância, pureza da alma...
Longe das tormentas despindo a calma
Da longa distância para o final do ato
Descendo a cortina, agora é disparato...

Do sono tranqüilo longo relaxado
No pequeno povoado bem afastado
Dos sonhos, dos amores que viriam
Da longa estrada que a mente fantasia

Ah! Que saudade danada nesta manhã
Tempo nublado da Fortaleza cristã
A água da chuva beijando a janela
Sem cheiro de terra, no asfalto passarela

A saudade não dispensa freguês
É companheira assídua rotineira
Às vezes saudades sem fronteiras
Outras vezes, não tem hora ou vez.
*****
Soguiera

2 comentários:

celina.benhame disse...

nossa q lindo , falar de saudade ´e mexer dento do peito fere a alma mas alegra o coração , vem mexer com nossa emoção trazendo lindas lembraças e feliz recordação .

celina disse...

amei essa pagina de poesia e sempre que eu puder vou ler não sei muito bem mexer no computador , mas devido minha insistencia aprendi praticamente sozinha eu amo ser curiosa e vou ler as poesias pois elas nos acalma o nosso corpo e alma adoro .